Notícias

IV Seminário de Produção Orgânica da Bahia é realizado em Salvador.
“Produto Orgânico, melhor para a vida: Qualidade e Saúde do Plantio ao Prato”

05 de junho de 2019

IV Seminário de Produção Orgânica da Bahia é realizado em Salvador.

Aconteceu nos dias 29 a 31 de maio, o IV Seminário de Produção Orgânica na Bahia, com o tema “Produto Orgânico, melhor para a vida – Qualidade e Saúde do Plantio ao Prato”. O seminário aconteceu no auditório do SEBRAE e do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento – MAPA, no município de Salvador.

O evento reuniu durante estes dias, produtores orgânicos, pesquisadores, professores, consumidores, estudantes, empresários, representantes de associações, cooperativas e profissionais de diversas áreas.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Mesa Redonda com a participação de agricultoras e agricultores que produzem orgânicos.

O seminário possibilitou a consolidação da campanha permanente de fortalecimento da Produção Orgânica no estado, reforçando o desenvolvimento de atividades e divulgação ao longo de todo o ano, assim como a integração com diversos segmentos, eventos e outras campanhas correlacionadas com a temática da produção orgânica, da qualidade de vida, da sustentabilidade, da agrobiodiversidade, dentre outros, destacou Vanuza Paiva, representante do MAPA.

A evento foi realizado pela Comissão de Produção Orgânica da Bahia – CPOrg/BA, com os objetivos de promover o produto orgânico e a conscientização dos consumidores sobre os princípios agroecológicos que regem a produção orgânica. Princípios esses que buscam viabilizar a produção de alimentos e outros produtos necessários ao homem de forma mais harmônica com a natureza, valorizando a biodiversidade, contribuindo para a saúde de todos e garantindo justiça social em todos os segmentos de sua rede de produção.

Para Thiago Guedes, Coordenador da CPOrg/BA e presidente do Instituto Cabruca, o evento superou as expectativas, considerando o público plural presente ao evento, os temas abordados nas palestras e minicursos que foram motivadores e resolutivos aos desafios que a produção orgânica deve superar e isso foi possível pela participação dos diferentes segmentos presentes ao evento e pelos excelentes palestrantes que conduziram o conteúdo do seminário.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Instituições que fazem parte da Comissão de Produção Orgânica da Bahia - CPOrg/BA

 

Guedes ainda ressalta as principais metas da CPOrg/BA para os próximos 02 anos, que consistem no incentivo à formalização dos Produtores Orgânicos da Bahia, afim de conseguirem a obtenção do Certificado de Produtor Orgânico; ampliar as visitas de monitoramento de Feiras Livres Orgânicas, OCS e Empreendimentos Orgânicos; ampliar a diversidade de segmentos/setores institucionais na CPOrg/BA; apoiar o desenvolvimento e execução de projetos com foco no Fortalecimento da Produção Orgânica na Bahia com foco em (tecnologia, inovação, formação, credenciamento de OCS, formalização de produtores); e apoiar eventos de Capacitação e Formação em Produção Orgânica (cursos curta duração, pós-graduação em Produção Orgânica). Por fim, o coordenador fez o convite para o I Congresso Nordestino de Produção Orgânica que acontecerá em Maio/2020 no município de Salvador.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Palestra da Profa. Dra. Flávia Barbosa da UFRB, sobre Proposições da Agroecologia para Garantia da Saúde, Segurança e Soberania Alimentar.

 

O tema “Qualidade e saúde do plantio ao prato”, ressaltou como aspecto central os diversos princípios agroecológicos, a promoção da saúde, a segurança alimentar e nutricional, o desenvolvimento sustentável, com respeito ao meio ambiente e à qualidade de vida do trabalhador rural e do consumidor.

Outra abordagem importante foi informar ao consumidor como reconhecer o produto orgânico nos diversos espaços de comercialização, para que participe como agente no controle da qualidade orgânica, melhorando a relação de confiança com os produtores, sendo repassadas informações referente aos cuidados, direitos e obrigações que os produtores, consumidores, processadores e comerciantes devem ter, para garantir que ao comprar ou consumir produtos orgânicos em feiras, lojas, hotéis e restaurantes as pessoas estejam, de fato, levando e consumindo produtos verdadeiramente orgânicos

A programação completa do IV Seminário de Produção Orgânica na Bahia pode ser acessada no site do Instituto Cabruca (www.cabruca.org.br), na aba Publicações.