Notícias

Instituições de ATER se reúnem durante o 11˚ Festival Internacional do Chocolate e Cacau, para balizamento sobre a Nota Técnica de Produção de Cacau Cabruca sob Manejo Agroecológico
Sândalo Barreto, Célia Watanabe, Alayana Oliveira (BAHIATER); Thiago Guedes (Instituto Cabruca); Rosenilton Klecius (CEPLAC).

19 de julho de 2019

Instituições de ATER se reúnem durante o 11˚ Festival Internacional do Chocolate e Cacau, para balizamento sobre a Nota Técnica de Produção de Cacau Cabruca sob Manejo Agroecológico

Instituto Cabruca apresenta Nota Técnica para especialistas de assistência técnica e extensão rural

No último dia 19 de julho, durante o XI Festival Internacional do Chocolate e Cacau, aconteceu uma reunião paralela ao evento na sede da CEPLAC em Ilhéus que reuniu representantes da BAHIATER, CEPLAC e Instituto Cabruca, para alinhamento sobre a Nota Técnica que traz referencial para a Produção de Cacau Cabruca sob Manejo Agroecológico.

De acordo com o presidente do Instituto Cabruca, Thiago Guedes, a reunião serviu para apresentar aos técnicos das instituições, presentes, dados técnicos e indicadores econômicos que serviram de referência para a publicação da Nota Técnica. “Foi possível alinhar o entendimento técnico sobre o manejo adotado nas áreas demonstrativas, apresentando detalhadamente o que foi realizado em cada etapa, bem como o investimento necessário para implantação e o retorno em produtividade e qualidade de amêndoas de cacau, com manejo agroecológico”, destaca Guedes.

Para Célia Watanabe, superintendente da BAHIATER/SDR, a nota técnica abrirá novas possibilidades de crédito para agricultura familiar com foco na Agroecologia, potencializando os serviços já prestados por instituições de ATER no estado, considerando que as chamadas públicas de ATER possuem diretriz Agroecológica.

Para Rosenilton Klecius, técnico da CEPLAC, a Nota Técnica contribui com informações técnicas de referência sobre o manejo das áreas de cacau de forma agroecológica e que de forma conjunta com as ações de manejo do cacau para alta produtividade podem ser alcançados resultados significativos para o produtor.

Após o encontro de alinhamento técnico, as instituições traçaram uma estratégia de realização de capacitações para técnicos com foco no Manejo Agroecológico do Cacau, Sistema Agroflorestal, Beneficiamento da Amêndoa do Cacau, Aumento de Produtividade, dentre outras. Além disso, foi apresentada a necessidade de agendar um próximo evento para apresentar a NT a instituições financeiras e prospectar cenários de crédito via PRONAF Agroecologia para agricultores familiares.

A Nota Técnica n˚ 001/2019 está disponível para download no site do Instituto Cabruca (www.cabruca.org.br), na aba Sala de Imprensa -> Publicações.